Gonçalo Reis acabou época de Enduro em alta com RugemPeças e Méguin

Gonçalo Reis acabou época de Enduro em alta com RugemPeças e Méguin

A temporada de 2019 de Enduro, que teve o seu desfecho no fim de semana passado, no Algarve, com a realização dos ISDE (International Six Days Enduro), não poderia ter terminado da melhor forma para o piloto português Gonçalo Reis.

Campeão Nacional de Enduro na Categoria Elite 1, vencedor da Taça do Mundo 2T, Campeão Catalão e medalha de ouro nos ISDE (International Six Days Enduro), prova que decorreu no fim de semana de 16 e 17 de novembro, no Algarve, onde o piloto integrou a seleção portuguesa, que conquistou um 8.° lugar.

A temporada de 2019 de Enduro dificilmente poderia ter corrido melhor ao piloto luso Gonçalo Reis. Para tal, muito se deveu ao apoio da RugemPeças (empresa da Terrugem especialista em peças e acessórios auto) e da marca de lubrificantes Méguin (comercializada pela RugemPeças e que assegura um importante volume de faturação).

“Estou bastante grato com o patrocínio que a RugemPeças, empresa que considero como uma família, e a marca Méguin me deram este ano. A performance da moto foi espetacular e a época correu bem”, revelou Gonçalo Reis ao Jornal das Oficinas.

Com o início da nova temporada a aproximar-se a passos largos (arrancará no final de janeiro de 2020), o piloto português ainda está em negociações com patrocinadores. A continuidade da marca Méguin, por enquanto, ainda é uma incógnita. Ao contrário da RugemPeças, com quem Gonçalo Reis já firmou um acordo para a próxima temporada.

Notícias da mesma categoria

Gonçalo Reis acabou época de Enduro em alta com RugemPeças e Méguin

Do mesmo Autor: Bruno Castanheira

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com