Siemens e VDL moldam futuro do carregamento elétrico

Siemens e VDL moldam futuro do carregamento elétrico

A Siemens e a VDL Bus & Coach (VDL), fabricante holandês de autocarros, uniram esforços para encontrar soluções inovadoras de carregamento flexível e eficiente de autocarros e veículos utilitários elétricos.

Neste âmbito, a Siemens instalou, no Centro de Testes de Carregamento da VDL, um “laboratório” para demonstração de tecnologias de ponta, a última geração das suas estações de carregamento rápido com um sistema de armazenamento de energia em baterias.

Os centros de competência de Microredes e Armazenamento de Energia e de Carregamento de Veículos Utilitários, que a empresa tem localizados em Portugal, participaram, ativamente, no desenvolvimento deste projeto. Com o número de veículos elétricos a aumentar no mercado, também aumentam os requisitos para uma infraestrutura de carregamento robusta.

No Centro de Testes de Carregamento da VDL vai ser possível testar diferentes tecnologias para autocarros e camiões elétricos em combinação com estações de carregamento e um sistema de armazenamento de energia, sendo estes submetidos a ensaios em condições reais, com o propósito de garantir a sua funcionalidade em operação comercial.

A cargo da Siemens Portugal ficou o desenvolvimento, instalação e comissionamento de um sistema de carregamento de até três veículos com integração de um sistema de armazenamento de energia. Em destaque, está o uso de baterias reutilizadas, cujo sistema de controlo, arquitetura e software foi, também, totalmente desenvolvido em Portugal.

As baterias em segunda mão são utilizadas em vez das soluções de armazenamento standard, como baterias industriais novas. Neste projeto, as baterias são recolhidas dos autocarros da VDL e a sua reutilização possibilita a valorização e extensão do seu período de vida útil.

Para este centro, foi desenvolvida uma matriz de comutação especial que permite combinar, de forma flexível, a capacidade das várias estações de carregamento. Esta configuração é controlada por uma aplicação de gestão que funciona no MindSphere, o sistema operativo aberto para a IoT baseado na “nuvem” da Siemens. A VDL aproveitará esta tecnologia para realizar testes de interoperabilidade e ensaios de funcionamento em veículos elétricos, tais como autocarros e veículos utilitários.

A funcionalidade veículo-rede integrada numa das estações de carregamento permite o carregamento bidirecional dos veículos. Isto significa que os veículos não só podem obter energia da rede e do sistema de armazenamento, como podem, também, devolver energia a estes sistemas. Na prática, os veículos elétricos podem comunicar com a rede e devolver energia em caso de restrições de capacidade ou de picos de procura de energia.

A infraestrutura modular instalada neste centro demonstra que os sistemas de carregamento podem expandir-se por um longo período sem necessidade de ajuste de capacidade ou de alterações na ligação à rede.

Ao associar um sistema de armazenamento de energia às estações de carregamento e a um sistema de gestão, a capacidade pode ser ajustada de acordo com as necessidades atuais e futuras.

Este projeto vai permitir obter dados importantes, que contribuirão para a eletrificação do setor dos transportes e para uma transição energética bem sucedida. O Centro de Testes de Carregamento da VDL situa-se em Valkenswaard, na Holanda.

Notícias da mesma categoria

Siemens e VDL moldam futuro do carregamento elétrico

Do mesmo Autor: Bruno Castanheira

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com