95 g/km: ordem para matar emissões de CO2

95 g/km: ordem para matar emissões de CO2

Em janeiro de 2020, os veículos lançados nos mercados do Velho Continente estão limitados à emissão de 95 g/km de CO2. Os fabricantes que incumpram as novas regras europeias começarão a ser multados em 2021.

Preparados ou não, os grandes fabricantes mundiais entram em 2020 com a certeza de que a emissão de gases poluentes começará a pesar como nunca antes na história da indústria automóvel. A partir do primeiro dia de janeiro, os modelos lançados no mercado terão de cumprir rigorosas e apertadas normas comunitárias, sob a pena de serem penalizados com elevadas multas, no ano seguinte, em 2021.

Ano zero para uma nova realidade ambiental. O mercado nunca mais será igual, obrigando alguns construtores a “mor- der a língua” e a abraçar os veículos elétricos com mais força do que, porventura, pretendiam.

Em 2020, entram, portanto, em vigor as restrições europeias que limitam a 95 g/km as emissões de CO2 dos novos modelos a lançar. Norma que obrigou algumas marcas a adiar o lançamento de modelos elétricos para 2020 (e que teve como reflexo a quebra de vendas destes veículos em vários mercados, como o nacional), ano sobre o qual começam a ser aplicadas as coimas.

Leia o artigo completo na edição de janeiro de 2020 do Jornal das Oficinas.

Notícias da mesma categoria

Avatar

Do mesmo Autor: Bruno Castanheira

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com