O IAM e o futuro

O IAM e o futuroMuito se fala da transformação do aftermarket independente, da nova era digital que vai revolucionar o modelo de negócio existente, dos veículos comunicantes e dos veículos elétricos que alterarão, consideravelmente, a distribuição de peças e a respetiva reparação automóvel, dos novos modelos de negócio que poderão surgir por novas empresas chamadas start-ups, enfim… fala-se de tudo!

Do meu ponto de vista, o que estão garantidos são enormes desafios, muito aliciantes, que, certamente, vão revolucionar a sociedade de hoje e que, também pela sua complexidade, irão trazer muitas e boas oportunidades, a quem tiver a capacidade de se adaptar à rápida mudança.

Isto parece ser um bicho de sete cabeças, mas, na verdade, já todos passámos por alterações enormes, que, hoje, conseguimos descortinar com alguma facilidade porque é passado e história, mas que, no momento da sua vivência, nem tempo tivemos para pensar…

Em boa verdade, já passámos por períodos em que a consistência e as boas rotinas eram a base para boas performances, garantindo, assim, elevados índices de confiança para clientes e parceiros. E, por consequência, bons resultados no final.

O IAM tem tido uma evolução tremenda nestas duas últimas décadas e, hoje, penso que todos temos orgulho do que foi conseguido

Hoje, apesar de bons valores e boas práticas nunca estarem fora de moda, começam a ser apenas parte de estratégias e planos, onde outros atributos mais inovadores são essenciais para o sucesso dos nossos negócios. Isto quer dizer, em poucas palavras, que a mudança e a inovação estão cada vez com maior peso nas nossas planificações e que, sem elas, dificilmente se terá sucesso no futuro!

Para isso, é preciso ter recursos humanos à altura. E se, até hoje, sempre se disse que as empresas eram feitas de pessoas, imaginem o que vai ser no futuro… O IAM tem tido uma evolução tremenda nestas duas últimas décadas e, hoje, penso que todos nós temos orgulho do progresso e resultados conseguidos. Mas isto foi apenas um pequeno teste daquilo que nos irá surgir num futuro próximo.

Felizmente, hoje, já temos novas gerações com grande desempenho e visão no aftermarket em Portugal. E estou certo que este negócio aliciante irá tornar-se cada vez mais atraente, para garantir uma continuidade que todos nós queremos. No bilstein group, trabalhamos arduamente nesse sentido, com muita participação e enormes envolvimentos nos projetos nacionais e, também, nos internacionais, a fim de contribuirmos para a continuidade do nosso setor, assim como garantir um futuro mais atrativo para todos.

Por fim, gostaria apenas de deixar uma sugestão a todos os que, como eu, vivem do IAM: não se esqueçam de contribuir também um pouco do vosso tempo em prol do nosso futuro, participando em atividades ou eventos do setor, onde os meios de comunicação e as nossas associações são tão importantes.

Bem-hajam!!!

Notícias da mesma categoria

João Vieira

Do mesmo Autor: João Vieira

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com