“Portugal é fundamental na estratégia da ASER”, José Luis Bravo

“Portugal é fundamental na estratégia da ASER”, José Luis Bravo

Criada, em 2016, no país vizinho, fruto da união de dois grupos, a ASER Aftermarket Automotive disponibiliza aos seus parceiros serviços e produtos com as condições mais competitivas do mercado, diferenciando-se pela forma como encara o negócio.

No nosso país, existem, para já, três sócios: Humberpeças, Samiparts e N Peças. Mas haverá mais. Até porque, como revela José Luis Bravo, diretor-geral da central de serviços, nesta entrevista, “Portugal é fundamental na estratégia da ASER”.

Crescer em número de sócios (parceiros), aumentar a cobertura geográfica, criar uma sociedade financeira com capacidade para centralizar compras, marcar presença com um stand no Salão expoMECÂNICA, desenvolver uma rede oficinal.

São estes os objetivos que a ASER Aftermarket Automotive definiu para os próximos dois anos em Portugal. O Jornal das Oficinas aproveitou a presença de José Luis Bravo, diretor-geral da central de serviços, no nosso país para se inteirar de todos os detalhes de um grupo que nasceu, em Espanha, há mais de três anos e que já “seduziu” Humberpeças, Samiparts e N Peças.

Como nasceu a ASER Aftermarket Automotive e o que a diferencia no mercado?

A ASER nasceu em 2016, fruto da união de dois dos grupos bastante experientes no mercado espanhol (GECORUSA e AGERAUTO), com o objetivo de fornecer soluções aos parceiros perante as novas exigências de um mercado global, onde as especializações tornam cada vez mais difícil encontrar espaço.

Enquanto a AGERAUTO trouxe a experiência de um grupo “elétrico”, a GECORUSA transportou o know–how de um grupo “mecânico”. O resultado desta união chama-se ASER Aftermaket Automotive, que consiste num novo grupo que disponibiliza aos seus parceiros todos os serviços e produtos com as condições mais competitivas do mercado.

Mas não oferecemos apenas aos nossos parceiros acesso aos principais fornecedores do setor nas melhores condições. Como central de serviços que somos, proporcionamos serviços que ajudam os nossos parceiros a gerir melhor os seus negócios diariamente. E, como consequência, podem oferecer esses produtos e serviços também aos seus clientes.

Um dos principais pilares que está na base dos serviços que o grupo oferece aos seus sócios (parceiros), é a formação. Oficinal, técnica e de gestão. Tudo para que os nossos parceiros possam oferecer o melhor atendimento e proceder à reparação mais profissional possível junto dos clientes.

Isto além da formação que damos aos parceiros e equipas, cujo objetivo é melhor prepará-los em todas as áreas que compõem os seus negócios (gestão, marketing, logística, comercial e vendas), de modo a que enfrentem o futuro com sucesso. Esta vocação de central de serviços sempre se regeu pelos valores que defendemos (“Proximidade”; “Comunicação”; “Inovação”; “Transparência”), que são os alicerces da nossa forma de desenvolvermos a relação que temos com todas as partes: fornecedores, sócios, concorrência, associações e imprensa. O nosso claim (“Do You ASER?”) resume, no fundo, tudo isso.

Desde a sua criação, com 30 sócios, que o projeto ASER tem vindo a crescer. Atualmente, dispõe de 41 parceiros. Três deles, estão em Portugal, facto que demonstra bem que este projeto é atraente e diferente para novos distribuidores. Este crescimento também gerou novas necessidades dentro da ASER, onde, hoje, sete pessoas estão encarregues, a partir da central, de dar resposta a todos os requisitos dos parceiros e de desenvolver novos serviços e procurar novas oportunidades que os ajudem a gerir cada vez melhor os seus negócios.

Leia a entrevista completa na edição de março de 2020 do Jornal das Oficinas.

Notícias da mesma categoria

Avatar

Do mesmo Autor: Bruno Castanheira

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com