As 12 causas da ASER – julho, mês de manutenção

As 12 causas da ASER – julho, mês de manutenção

Podemos definir a manutenção preventiva de um veículo como o conjunto de operações programadas em intervalos pré-determinados, destinadas a manter o estado dos componentes de nosso veículo em perfeitas condições. Cumprir a manutenção estipulada do veículo é de vital importância para garantir a correta operação e durabilidade de todos os elementos e sistemas do carro, mas também para nossa própria segurança e a dos outros utentes da estrada.

Cada um dos componentes de nosso veículo precisa de operações periódicas de revisão / manutenção e são os fabricantes de veículos e componentes que fornecem as diretrizes para essas revisões nos livros de manutenção de cada veículo. Da mesma forma, muitos desses componentes devem ser alterados de tempos em tempos, embora na aparência eles não apresentem falhas (ação preventiva). Devemos ter em mente que em cada veículo essas diretrizes de revisão / manutenção / alteração são diferentes e que não cumpri-las pode gerar sérios problemas para a nossa carteira, na segurança rodoviária e no meio ambiente.

O livro de manutenção de cada veículo estipula com que frequência as verificações programadas devem ser realizadas, por tempo ou por quilómetros percorridos (o que ocorrer primeiro) e quais as operações que devem ser realizadas em cada uma das verificações. Os livros de manutenção também variam os tempos e quilómetros dessas verificações, dependendo se a utilização feita pelo veículo, é normal ou severa. Não é o mesmo usar sempre o veículo na cidade como fazê-lo na estrada, nem utilizá-lo apenas nos fins de semana como usá-lo como um serviço público. Nestes casos, os componentes não se desgastam ou sofrem da mesma maneira.

A troca de óleo, filtros e “verificação” das condições dos componentes do veículo mais visíveis não devem ser confundidos com “manutenção programada”. Portanto, é aconselhável realizar a manutenção programada numa oficina de confiança, que possui o conhecimento, ferramentas e programas adequados para saber o que precisa ser verificado e alterado no veículo.

Por que devemos realizar manutenção preventiva programada?
Redução de avaria – A ação preventiva pode economizar o custo da ação corretiva. Essa é a primeira vantagem, na qual todos pensamos, de realizar manutenção preventiva. Fazer exames agendados reduz a chance de “surpresas desagradáveis”. Tomemos, por exemplo, de uma maneira simplificada, um caso que quase todos nós já ouvimos falar. A quebra da correia dentada em muitos carros pode quebrar as peças do motor. Economizar o custo de trocar a correia dentada ou simplesmente os tensores da manutenção preventiva pode significar que, no futuro, teremos que enfrentar uma avaria muito mais cara. Outro exemplo mais difícil; Amortecedores desgastados aumentam a distância de parada, uma distância que pode separar a vida da morte.

Economia de combustível – Pressão incorreta dos pneus, problemas de suspensão, óleo ruim … tudo isso gera um aumento no consumo de combustível, que pode chegar a 30%, e também como consequência das emissões prejudicial gerado. A manutenção preventiva ajuda o veículo a funcionar adequadamente, não consome mais combustível do que o necessário e, portanto, mantém seu nível de emissões poluentes nos valores marcados.

Segurança para os utentes da estrada – A segurança das pessoas que viajam no nosso veículo e de outros utentes da estrada é a coisa mais importante. Ao cumprir um programa de manutenção preventiva, reduzimos consideravelmente a probabilidade de acidentes decorrentes do mau funcionamento de nossos sistemas automotivos, muitos dos quais são decisivos para garantir essa segurança.

Maior vida útil – A conformidade com toda a manutenção significa que qualquer defeito é corrigido no prazo, evitando grandes falhas que reduzem a vida útil dos componentes. Isso tem um impacto direto na segurança.

Quando falamos de manutenção preventiva e corretiva, a grande diferença está nos custos. Prevendo danos ao desgaste e avarias, a necessidade de manutenção corretiva é minimizada, impactando diretamente a economia. Como podemos ver, é muito importante realizar manutenção programada para o nosso veículo, mas não apenas por questões económicas. Como vimos, isso também tem um impacto direto na segurança.

Notícias da mesma categoria

João Vieira

Do mesmo Autor: João Vieira

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com