Valorcar recupera atividade após confinamento

Valorcar recupera atividade após confinamento

No mês de junho, a atividade dos centros de abate da Rede Valorcar manteve a tendência positiva, iniciada em maio, de recuperação dos efeitos da grave situação de epidemia por COVID-19 vivida em Portugal. Em junho, os centros da Rede Valorcar abateram 6.552 veículos, ou seja, apenas menos 0,8% do que em igual período de 2019 (em maio a quebra tinha sido de – 21,6 %).

Assinalamos que no mês de abril, o estado de emergência condicionou fortemente a atividade destas empresas, o que fez com que os centros da Rede Valorcar sofressem uma quebra de 56,3% em relação a 2019.

No mês de junho, a Valorcar abriu um novo concurso para a seleção de centros de desmantelamento de Veículos em Fim de Vida (VFV) e/ou de recolha de Resíduos de Baterias e Acumuladores (RBA). À semelhança de concursos anteriores, este concurso abrangeu todo o país (todo o território do continente e regiões autónomas dos Açores e da Madeira) e não teve número de vagas limitado.

Até ao momento, já foram recebidas 53 candidaturas. Este interesse é revelador das vantagens usufruídas pelos centros integrados na Rede Valorcar, designadamente: incentivos financeiros ao encaminhamento de resíduos como as baterias e os óleos, apoio ao cumprimento dos requisitos técnicos e jurídicos em vigor, acesso aos concursos de alienação de VFV lançados por inúmeras entidades, elaboração e envio à APA da declaração anual comprovativa do cumprimento das metas de reciclagem e valorização prevista nos requisitos de qualificação, entre outras vantagens.

Notícias da mesma categoria

João Vieira

Do mesmo Autor: João Vieira

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com