DPAI/ACAP analisa evolução do negócio de aftermarket

DPAI/ACAP analisa evolução do negócio de aftermarket

A DPAI/ACAP divulgou os resultados de inquérito do Impacto do Covid-19 na evolução do negócio do Pós-venda Automóvel em Portugal. À exceção dos Serviços e reparadores, o resultado do inquérito revela que  o pior mês foi abril.

A partir desse mês, verifica-se, nos distribuidores, fabricantes e retalhistas uma diminuição nas perdas e recuperação em junho, com valores superiores ao período homólogo do ano passado. Os serviços apresentam uma curva crescente relativamente às perdas nas vendas.

No que diz respeito aos fabricantes, 50% prevê que o volume de vendas em 2020 será até 5% inferior a 2019.

Quanto aos distribuidores, 29% prevê que o volume de vendas em 2020 será semelhante ou superior a 2019 e 24% prevê que o volume de vendas em 2020 será entre 5.1% e 10% inferior a 2019.

No que diz respeito aos retalhistas 30% prevê que o volume de vendas em 2020 será semelhante ou superior a 2019 e 30% prevê que o volume de vendas em 2020 será entre 15.1% e 20% inferior a 2019.

Veja o resultado completo do inquérito aqui.

Notícias da mesma categoria

João Vieira

Do mesmo Autor: João Vieira

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com