MEWA – Digitalização otimiza qualidade

MEWA – Digitalização otimiza qualidade

A MEWA, líder mundial em gestão têxtil, fornece panos de limpeza a mais de 190.000 empresas em toda a Europa.

Com 45 localizações e uma frota interna, a empresa alemã presta um serviço completo de recolha, lavagem e entrega dos panos feitos na sua fábrica de tecelagem própria. Já há dez anos que a inovadora empresa familiar iniciou a digitalização dos processos de produção. Qual é o efeito da transformação digital no sistema de panos de limpeza da MEWA? Quais são as vantagens para os clientes?

«O nosso objetivo é digitalizar, até 2024, todos os processos e linhas de produção tanto quanto possível», informa Uwe Schmidt, Diretor Técnico de Produção & Logística da MEWA. Assim, a empresa continua, com determinação, o processo de transformação digital iniciado há dez anos. Foi no planeamento de uma instalação para o tratamento dos panos de limpeza reutilizáveis na Alemanha, inaugurada em 2011, que a MEWA decidiu dar suporte com tecnologia digital aos processos para técnicos e responsáveis. «A nossa aproximação foi, desde o princípio, um conceito holístico: desde as operações procedimentais e respetiva gestão de energia necessária até aos processos resultantes da produção como o tratamento de água fresca e residual», explica o responsável.

Sistema de panos de limpeza com standards de qualidade e de serviço
O sistema de reutilização da MEWA é um forte aliado de fábricas e oficinas de pequena, média e grande dimensão. A MEWA recolhe os panos usados à hora combinada, lava-os de acordo com as normas, realiza um controlo rigoroso de qualidade e devolve-os limpos ao cliente. A digitalização ajuda aqui a controlar perfeitamente todos os processos e assegura que os panos da MEWA mantêm, a 100 por cento, a sua forma e capacidade de absorção.

Um círculo complexo de um sistema de controlo com várias estações de teste garante que cada pano que volta ao cliente cumpre os elevados padrões de qualidade. A seguir à lavagem, os panos são controlados visualmente. Os colaboradores da MEWA inspecionam todos os panos e veem se estão limpos, gastos, se têm buracos ou franjas. Segue-se o controlo automatizado: Os panos são pesados. Todos os panos novos têm o mesmo peso, mas perdem massa ao longo da repetida utilização. Peso a menos na balança significa portanto: pano gasto. E peso a mais? É um indício a restos de sujidade ou resíduos com óleos, tintas ou limalha. Os panos demasiado leves são retirados automaticamente, enquanto os demasiado pesados voltam a ser lavados. Por fim, os panos passam por detetores de metal que excluem os panos com resíduos.

A MEWA prevê instalar dashboards de produção digitais em todas as suas fábricas para obter uma visão geral sobre os números essenciais de identificação dos processos. Desta forma, é possível controlar o consumo dos recursos e aumentar a eficiência das instalações. «A digitalização indica-nos a disponibilidade das instalações, a estabilidade do processo e a nossa produtividade. Apoia-nos também em prestar um  serviço ao cliente com os mesmos standards de qualidade e de serviço a nível europeu, de forma económica e com pontualidade», sublinha Uwe Schmidt.

 

Notícias da mesma categoria

João Vieira

Do mesmo Autor: João Vieira

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com