31ª Convenção ANECRA assinala 110 anos de associativismo

12 - 31a-Convenção-ANECRA

No ano, em que assinala os seus 110 anos de existência, a ANECRA volta a fazer história: adaptou-se uma vez mais e, realizou, pela primeira vez em 31 anos consecutivos, a sua Convenção num formato totalmente digital, promovendo assim a necessária segurança de todos neste momento e uma maior facilidade para todos os profissionais, em aceder aos importantes conteúdos gerados neste grande evento, uma vez que este ano as inscrições foram gratuitas e a convenção foi transmitida, em direto, através de várias plataformas digitais, como sejam o Zoom, Facebook e Youtube.

Durante as sessões que decorreram nos três dias, onde se reuniram mais de 1.500 participantes, foram debatidos transversalmente temas da maior relevância para a atividade e negócio dos empresários e profissionais do sector automóvel, nas suas diferentes vertentes, quer, do comércio de veículos novos, quer da Reparação e Manutenção Automóvel, assim como do Comércio de Veículos Usados.

A 31ª Convenção da ANECRA, deixa na ANECRA um sentimento de dever cumprido e sucesso por posicionar, novamente, os temas mais fortes e importantes para todo o sector, num espaço aberto ao debate e à informação que por certo dará fruto para os seus profissionais.

Os 3 dias de evento, que decorreu de 9 a 11 de dezembro, contaram com a participação de reconhecidos players de mercado, que partilharam experiência e know-how, bem como preocupações e dinâmicas a implementar no futuro, garantindo o negócio e a capacidade de enfrentar e superar os desafios que nos chegam todos os dias. Foi esse o objetivo central do tema escolhido para esta edição: “O NOVO NORMAL – Que Automóvel Que Negócio?”.

O evento terminou com uma intervenção do Secretário de Estado para o Comércio, Serviços e Defesa do Consumidor, Dr. João Torres e, promoveu o debate e a exposição pública de temáticas, tão importantes como, por exemplo:

– O retalho com menos quota de mercado, menos margens e mais exigências das marcas. Qual a solução?

– As consequências desastrosas da alteração da fiscalidade dos veículos híbridos.

– O comércio de viaturas usadas e seminovas, é parte da solução para os retalhistas?

– O que esperar de 2021 e anos seguintes?

– Porque é que os motores térmicos não vão acabar tão depressa.

Caso não tenha acompanhado a 31ª Convenção, pode ver nos links abaixo as várias intervenções:

Dia 9 de Dezembro – Dia do Comércio de Usados – Veja aqui

Dia 10 de Dezembro – Dia da Reparação e da Manutenção Automóvel – Veja aqui

Dia 11 de Dezembro – O Novo Normal – Veja aqui

Notícias da mesma categoria

João Vieira

Do mesmo Autor: João Vieira

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com