“A indústria Auto enganou-nos”

04 - industria-automovel

Quem está associado à indústria automóvel sabe, que a atual tecnologia das viaturas elétricas a bateria (VEBs), não é de forma alguma do agrado da grande maioria dos fabricantes.

A Indústria está a desenvolver, promover e vender estes novos produtos, acima de tudo, por decreto legislativo e por gestão de coimas ao não atingimento de quotas obrigatórias nomeadamente no espaço da União Europeia.

Como qualquer indústria que vive das vendas, os departamentos de marketing e vendas, asso-ciam estes produtos (Híbridos e VEBs) à redução da pegada ambiental, à redução do CO2 e ao ser “Amigo do Ambiente”. Esta estratégia de marketing e vendas está a ser confundida em como a indústria acredita mesmo, que estamos a fazer algo pelo ambiente.

E, é aqui que me parece existir um potencial choque, quando daqui a 15 ou 20 anos, se verificar que a poluição só mudou de sítio geográfico (das zonas mais povoadas e ricas, para zonas menos povoadas e pobres) mas, como a poluição não conhece fronteiras, o planeta como um todo não beneficiou em nada destas decisões. Potencialmente, muito pelo contrário… Será nesta altura, que a indústria automóvel (que nessa altura será seguramente muito diferente daquela que conhecemos hoje) poderá ser acusada de ter enganado os seus clientes e o mundo, com as suas “promessas”. Tal, seria de uma enorme injustiça.

Leia mais aqui