Mercedes-AMG Petronas é preto Spies Hecker

03 - Mercedes-AMG-Petronas-e-preto-Spies-Hecker

A imagem preta está a ser utilizada novamente pela Team que tem sido uma força dominante na Formula OneTM e fez história com sete vitórias consecutivas no Campeonato Mundial de Construtores de Formula OneTM da FIA. A Mercedes-AMG Petronas Formula One Team utilizou novamente o preto na imagem do seu carro candidato ao título de 2021, o Mercedes-AMG F1 W12 E Performance.

Andrew Moody, Head de Paint e Graphics na Mercedes-AMG Petronas Formula One Team, afirmou, “A nova imagem combina o preto da temporada de 2020 com a reutilização do nosso icónico Stirling Silver. Além disso, renovámos o verde PETRONAS. A cor de vinho que representa o Principal Parceiro, INEOS, também está de volta. Há mais de sete anos que a Team utiliza os produtos da Spies Hecker, uma das marcas de repintura global da Axalta, um dos principais fornecedores mundiais de tintas líquidas e em pó e um Fornecedor Oficial da Team.

Desempenho e perfeição
O Mercedes-AMG F1 W12 E Performance é o primeiro carro a utilizar a designação E PERFORMANCE, que significa maior alinhamento da Team com a divisão de desempenho da Mercedes-AMG.

E PERFORMANCE é a nova marca de tecnologia que será utilizada nos nomes dos produtos e nos emblemas de todos os futuros carros de desempenho híbridos da Mercedes-AMG. A ligação é visível na adição mais atrativa à nova imagem do carro: a marca AMG na cobertura do motor.

Andrew Moody explicou como foi difícil pintar essa nova adição. “Em primeiro lugar, é muito importante referir que o padrão AMG foi pintado. Muitas pessoas pensam que são decalques, mas não é verdade. Cada um é graduado entre duas cores, branco e cinzento, dependendo da sua localização, pelo que esta é uma área muito complexa da imagem. Por conseguinte, temos de recorrer à Spies Hecker para obter o resultado que pretendemos, uma vez que não temos a opção de uma segunda tentativa. Os nossos pintores necessitam de uma aplicação suave, fácil de misturar e com um acabamento perfeito. Assemelha-se muito às corridas, uma vez que temos de ter um bom desempenho a partir do momento em que estamos na pista,” declarou Andrew Moody.

Preto esbatido no cinzento
Com uma audiência televisiva média mundial de 87,4 milhões de espetadores em cada Grande Prémio, é fundamental ter uma imagem forte e ousada que se destaca e deixa uma impressão duradoura. A cor deste ano, Midnight Black, é um preto não metálico e liso que é intenso e rico.

Andrew Moody afirmou, “É uma cor preta diferente da que usámos na temporada passada. É ainda mais intensa e proporciona uma presença verdadeiramente marcante na pista e na televisão.”

O desvanecimento do preto na parte frontal do carro para o Stirling Silver na cobertura do motor é extremamente complicado, uma vez que inclui seis tons únicos. Está presente em sete painéis diferentes e cada um tem uma forma diferente. Esta complexidade significa que é essencial que o design de todos os componentes intercambiáveis corresponda na perfeição com os painéis adjacentes em termos de colocação, tamanho, forma, cor e sombreamento. Na temporada de 2021 com 23 corridas ao longo de dez meses, incluindo três coletores duplos e dois coletores triplos, a pintura rápida dos componentes entre os fins de semana de corridas para garantir que os carros de corrida estão prontos para cada fim de semana do Grande Prémio é particularmente difícil para a equipa de Andrew Moody.

Andrew Moody declarou, “Trabalhamos com modelos especialmente concebidos que são basicamente peças postiças que nos permitem reproduzir com precisão todos os componentes individuais em termos de tamanho e forma, e mais importante, também as cores, linhas, sombreamento e design. Estamos constantemente a criar novos modelos à medida que os carros evoluem durante a temporada. É muito complexo e difícil pulverizar três painéis que estão juntos e têm várias linhas e sombreamento a cruzar as junções e conseguir fazê-lo de forma correta. É aqui que a Permahyd Hi-TEC 480 da Spies Hecker nos ajuda a lidar com os desafios por vezes diários de fazer isto de forma correta, rápida e fácil.

A Oficina de Pintura utiliza uma variedade de produtos Spies Hecker da Axalta, incluindo o Priomat® Wash Primer 4075, e em seguida, o Permasolid® HS Vario Primer Surfacer 5340, um primário-aparelho com um elevado teor de sólidos, ou o Permasolid® HS Performance Surfacer 5320, um aparelho de lixagem 2K HS de secagem rápida. As gradações de cor da Team foram pintadas com a Base Bicamada Permahyd Hi-TEC 480 e a Oficina de Pintura finalizou o acabamento dos componentes com o Verniz Permasolid® HS Optimum Plus 8650 ou com o Verniz Permasolid HS Race 8700. Quando a rapidez é essencial, a equipa de Andrew Moody utiliza o Verniz Permasolid Speed-TEC Clear Coat 8810.

“Além disso, temos a homenagem a Niki Lauda, o nosso presidente não executivo, que infelizmente faleceu em maio de 2019. Existe uma estrela vermelha viva em ambos os lados do chassis atrás do apoio de cabeça dos pilotos, debaixo da estrutura tubular em arco. Estes elementos, tal como o padrão AGM, foram pintados e não são decalques como muitas pessoas pensam,” acrescentou Andrew Moody.

Ir com a maré
A linha de fluxo imediatamente reconhecível do verde PETRONAS está de volta no W12. Além disso, o VERDE PETRONAS está presente nas asas dianteiras e traseiras, nariz, espelhos e halo. Este ano, o verde é uma cor lisa que faz com que seja ainda mais atrativa e ousada contra o carro preto intenso.

Andrew Moody acrescentou, “Continuamos com a evolução das linhas de fluxo que utilizamos desde 2017. Este ano, não existe novamente esbatimento nas extremidades, mantendo a imagem expressiva e simples.” Este ano, a linha de fluxo verde tem uma linha de fluxo acima numa cor prateada muito refletora, que assinala mais de uma década de parceria entre a Team e a PETRONAS. As duas linhas aparecem do lado do nariz e continuam ao longo do lado do chassis e dos propulsores laterais.

Rapidez, soluções e apoio
Olaf Adamek, Refinish Brand Manager da Axalta, afirmou, “O novo carro com as suas ligações à AMG tem tudo a ver com desempenho, que é relevante, uma vez que na Axalta, fomos feitos para o desempenho. Não poderíamos estar mais orgulhosos por termos desempenhado o nosso papel no histórico sétimo Título obtido pela Team no Campeonato Mundial de Construtores na última temporada. Sabemos que Andrew, a sua equipa e o resto da Mercedes-AMG Petronas Formula One Team em Brackley e Brixworth desafiarão os limites durante toda a temporada para serem os melhores em todos os fins de semana de corridas. E estaremos lá, juntamente com eles, para garantir que os carros de corrida têm uma aparência e um desempenho excelentes.”

Notícias da mesma categoria

Redação JO

Do mesmo Autor: Redação JO

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com