DRiV – Várias marcas, um único interlocutor

04 - DRiV-jornal-das-Oficinas

Chama-se DRiV e nasceu da aquisição da Federal-Mogul Motorparts pela Tenneco, no segundo trimestre de 2019, fez agora dois anos. Neste artigo, apresentamos a estratégia da nova empresa para dinamizar o extenso portfólio de marcas que possui no mercado português

Com esta aquisição, a Tenneco separou as unidades de negócio, sendo a DRiV responsável pelo aftermarket na área do desempenho dinâmico (Ride Performance), enquanto a outra empresa é dedicada a tecnologias de “powertrain”.

Atualmente, a DRiV possui 28.000 funcionários em todo o mundo, 56 fábricas e 41 centros de distribuição. Com cobertura na América, região EMEA e grande presença na Europa. A receita da DRiV em 2019 foi de 5,9 mil milhões de dólares, 53% dos quais correspondentes ao negócio de peças de reposição e 47% ao Equipamento Original. A DRiV Motorparts dedica-se a ajudar os distribuidores do pós-venda a consolidar a sua base de fornecimento, oferecendo uma cobertura One-Stop-Shop com o portefólio certo de produtos e com o posicionamento correto.

Sendo parte de uma empresa global, que fatura 17,5 mil milhões de dólares e que está muito ativa nos segmentos OE, ride performance, powertain, clean air e aftermarket, a DRiV Motorparts é o parceiro estratégico para os distribuidores de pós-venda e prestadores de serviços. Possui linhas de produtos globais que se adaptam a todos os mercados onde a marca opera, comercializando um total de 19 linhas de produtos distribuídas por 17 marcas, o que representa mais de 50 mil referências.

Relativamente às marcas dividem-se em produtos de chassis, suspensão e travagem (Öhlins, Monroe, Moog, Ferodo, Wagner, Jurid e Champion); controle de emissões (Walker); manutenção / ignição (Champion e Beru) e motor e vedação (Goetze, Glyco, Payen, Nüral, AE e FP Diesel).

Leia o artigo completo aqui