Luís Simões aposta em transporte sustentável

04 - Luis-Simoes-aposta-em-transporte-sustentavel-com-dois-megacamioes

A Luís Simões, prossegue na sua aposta pela sustentabilidade, inovação e segurança, que neste momento se materializa colocando em circulação dois novos megacamiões. Estes veículos, compostos por uma cabeça tratora, um linktrailer e um semirreboque, caracterizam-se pela sua maior capacidade, uma vez que contam com double deck (dois pisos/alturas)

Estes dois megacamiões são capazes de transportar dois níveis de paletes sem os sobrepor, o que permite otimizar a carga, garantindo a integridade dos produtos transportados, e ao mesmo tempo reduzir as deslocações. Desta forma, assegura-se o cumprimento dos padrões de sustentabilidade e promove-se um modelo de transporte mais eficiente e ecológico.

Inovação e sustentabilidade: o ADN da Luís Simões
Enquanto empresa de referência no setor, a Luís Simões está sempre empenhada em envolver os seus colaboradores e clientes nas últimas inovações em termos de transporte e sustentabilidade. Por esse motivo, estes novos veículos juntam-se aos 11 megacamiões que já circulam pela Península Ibérica e que começaram a ser implementados em 2014.

Desde então, esta solução permitiu reduzir mais de 400 toneladas de CO2 e registar uma maior eficiência e um menor custo operacional por tonelada transportada. Para além disso, em consequência, o desgaste das estradas também é menor, com uma redução de até um terço da pressão sobre o pavimento; em primeiro lugar porque o peso por eixo é menor, e em segundo porque dois megacamiões substituem três conjuntos convencionais de cabeça tratora e semirreboque.

“Como pudemos comprovar nos últimos anos, os megacamiões trazem inúmeras vantagens, pelo que continuamos a trabalhar para recomendar aos nossos clientes o aumento da eficiência operacional e ambiental das suas operações. Na Luís Simões acreditamos que é necessário trabalhar para a construção de um futuro do transporte mais sustentável e benéfico, e temos a ambição de liderar essa mudança”, afirma Cláudia Trindade, Gestora de Frota Ibérica da Luís Simões.