Axalta renova a sua parceria com Museu do Caramulo

06 - Axalta-renova

Pelo terceiro ano consecutivo, a Axalta renovou por mais um ano a sua parceria com o Museu do Caramulo em Portugal, onde estão expostos mais de 100 automóveis e motocicletas com base no princípio de que todos os veículos podem ser utilizados facilmente para exposição e conservação.

Em 2020, a Cromax, a Spies Hecker e a Standox, renovaram o apadrinhamento de três automóveis históricos do museu, auxiliando assim à sua manutenção anual.

A inovadora tecnologia digital de gestão de cores da Axalta com mais de 200.000 fórmulas de cores, permite uma correspondência de cores rápida e precisa em restauros de pintura, mesmo em reparações de veículos históricos especiais como o Ferrari 400i exposto no Museu do Caramulo.

No caso do restauro do fantástico Ferrari 400i, que necessitava de um trabalho de pintura completamente novo, foi utilizada a tinta da marca Cromax e todo o trabalho de renovação foi feito nas instalações Portepim, Distribuidor Exclusivo desta marca, em Coimbra.

Tiago Patrício Gouveia, diretor do Museu do Caramulo, afirmou, “A nova pintura da Cromax fez renascer o Ferrari 400i, devolvendo-lhe toda a sua antiga beleza e glória, tal como quando saiu da fábrica de Maranello em 1979.”

Outro automóvel que também contou com o apoio de uma das marcas da Axalta foi o Citroën DS 21, o famoso “boca de sapo” através do apoio da Spies Hecker. Este é um dos automóveis mais importantes do século passado, competindo em termos de popularidade com outros modelos emblemáticos, tais com o Ford T e o VW “Carocha”.

Por último, com o apoio da Standox foi possível auxiliar na manutenção anual do histórico Porsche 911 E2.4 de 1973, que começou a ser fabricado em 1972 e que nessa altura surpreendeu com várias novidades, sendo que a mais importante foi o desenvolvimento do motor boxer.

Além do restauro dos veículos e da respetiva manutenção habitual, nos últimos meses o museu também passou por grandes reformas que como explicou Tiago Patrício Gouveia, “Entre as obras concluídas contam-se a lavagem, impermeabilização e pintura dos dois edifícios, por dentro e por fora, reformulação das salas de exposição temporárias com pintura e novo piso, reformulação da loja, restauro do claustro do séc. XVIII (limpeza, pintura, madeiras e telhado) e finalmente, colocação de painéis solares, para tornar o museu mais sustentável.”

Em 2021, a colaboração Axalta com as suas três marcas premium, em parceria com a Portepim, através da marca Cromax e das Tintas Robbialac através da marca Standox, continuará para garantir a qualidade e a originalidade dos veículos expostos no museu.

Tiago Patrício Gouveia declarou que, “É muito importante para nós manter estas colaborações duradouras, principalmente com empresas que operam e vendem produtos que estão profundamente ligados ao mundo de automóveis clássicos e aos seus aficionados. A qualidade das marcas de repintura que a Axalta representa e a importância do museu para os nossos visitantes são uma combinação perfeita, porque representam tradição, qualidade e longevidade. É com um grande compromisso e responsabilidade que encaramos esta parceria.”

Miguel Egido, diretor de Marketing da Axalta Refinish no Sul da Europa, comentou que “Estamos orgulhosos por continuar a colaborar com o Museu do Caramulo e poder contribuir para a sua melhoria constante com o objetivo de oferecer conhecimento do mundo automóvel atualizado e nas melhores condições aos seus visitantes”.

O restauro dos automóveis do Museu do caramulo pode ser visualizado aqui