Stratio apresenta dados preditivos no webinar Sustainable Bus

05 - Stratio apresenta dados preditivos no webinar Sustainable Bus

A Stratio, plataforma de manutenção preditiva para frotas, foi convidada a falar no webinar “The economics of zero emission buses.  Costs, trends and tools to support the transition” já no próximo dia 19 de Maio, às 13h00 CET, organizado pela Sustainable Bus, um dos meios de comunicação mais influentes no espaço de transportes públicos com emissões zero a nível europeu

Como parte de um painel de oradores altamente qualificado, Miguel Franco, VP de Business Development da Stratio, discutirá como a análise preditiva das baterias é essencial para assegurar uma transição bem sucedida para Veículos Elétricos (VEs) por parte dos operadores de transportes públicos.

As baterias são o componente mais caro dos autocarros elétricos, sendo responsáveis por 40% do custo dos veículos. Com a adoção de veículos elétricos a desempenhar um papel tão importante no cumprimento da meta estabelecida pelo Acordo Verde Europeu, que visa reduzir as emissões de gases em 55% até 2030, as frotas de transportes urbanos necessitam de adotar uma estratégia sustentada para assegurar a rentabilidade desta transição.

No webinar, Miguel apresentará como o projeto Stratio Battery Cortex, desenvolvido pela Stratio em parceria com a Universidade de Halmstad e a Caetano Bus, respondeu a três dos maiores desafios atualmente existentes para permitir uma transição suave e bem sucedida para frotas de VEs.

“Os operadores de transportes públicos que estão a apostar num investimento para uma transição para frotas com autocarros elétricos precisam de ser capazes de monitorizar falhas internas em tempo real, otimizar a vida útil da bateria dos VEs, e prever com precisão a capacidade futura das mesmas”, disse Franco.

“As conclusões do projeto Battery Cortex ajudaram a plataforma de manutenção preditiva para frotas da Stratio a alcançar uma análise de topo no que diz respeito à avaliação do estado das baterias de VEs, informação sobre veículos em tempo real, e informação sobre falhas acionáveis e detalhadas”, concluiu Franco.