‘Hospital’ MForce Lab chega ao Porto

06 - Hospital MForce Lab chega ao Porto

A MForce Lab já chegou à cidade do Porto. Após o seu sucesso na capital, chegou a vez de uma nova oficina “hospital” estacionar no Norte. Este novo espaço com cerca de 2.000 m2 oferece serviços de diagnóstico de avarias complexas e serviços de reparação de mecânica profunda e especializada

“O cliente do futuro é diferente: mais exigente com o seu tempo, procura soluções integradas para o ajudar a usufruir de uma mobilidade mais conectada e mais partilhada, que consequentemente a torna mais sustentável. M(obility) Force pretende ser essa nova força criada para satisfazer as necessidades deste novo cliente”, referiu o departamento de comunicação da MForce Lab.

Esta nova marca de mobilidade mais dinâmica, mais fiável, mais tecnológica e mais próxima, apresenta um inovador sistema integrado de cuidados de Saúde Auto que inclui a Linha de Saúde Auto para primeiro apoio e triagem, a rede atual de mais de 8o oficinas “clínicas” automóvel convenientemente localizadas para reparar com confiança e rapidez, e as Oficinas “hospital” altamente capacitadas para responder a todas as necessidades de reparação, incluindo as mais complexas.

Para Pedro Cunha, CEO MForce, “Os Hospitais AUTO vêm revolucionar a nossa forma de atender as necessidades dos clientes, complementando-as. Se por um lado estamos ao lado de quem nos procura para resolver um problema de A a Z, por outro não podemos defraudar as expetativas de quem procura o serviço rápido e eficiente de outrora. Assim, estes novos espaços com cerca de 2000 m2 cada um, detém todos os serviços demorados de diagnósticos de avarias complexas, serviços de reparação de mecânica profunda e especializada, que gradualmente serão extensivos a chapa e pintura, vidros, recondicionamentos e outros.”

A rede de Oficinas MForce estão fortemente equipadas para auxiliar qualquer tipo de veículo, incluindo os elétricos e híbridos, com uma receção mais inteligente para um apoio personalizado e novos serviços adequados aos tempos que estamos a viver – higienização e e-services.