Veículos pesados: Um parque cada vez mais antigo

06 - Veículos pesados um parque cada vez mais antigo

O número de veículos pesados novos cresce, mas, simultaneamente, também cresce o número de veículos mais antigos. Atualmente, um em cada quatro veículos pesados que circulam nas estradas portuguesas tem mais de 15 anos, numa percentagem que tende a aumentar.

Estes veículos percorrem habitualmente menos de 20 mil quilómetros por ano, menos seis vezes do que um pesado com menos de cinco anos, que chega a fazer 120 mil quilómetros por ano, o que os torna menos interessantes para as oficinas. Quase metade da faturação das oficinas de pesados vem de veículos mais jovens (40%) e apenas 8% dos mais antigos. Este ano, dois em cada três pesados terão menos de cinco ou mais de 15 anos e a continuação da tendência de envelhecimento do parque automóvel pesado pode vir a ter impacto na atividade (ou falta dela!) nas oficinas.

Os pesados entre 6 e 10 anos representam menos de 25% do parque e são mais atraentes para as oficinas, pois são uma em cada três reparações das oficinas de pesados e percorrem uma média de 60 mil quilómetros por ano.